O fibroma mole é uma proliferação epidérmica muito comum, são pequenas massas que se formam na pele, não apresentam sintomas, são benignos em sua maioria, não oferecem risco à saúde e normalmente aparecem na região cervical, axilas e virilhas. A cor do fibroma geralmente é o mesmo da pele ou um pouco mais escura e possui diâmetro progressivo, ou seja, tendem a aumentar ao longo do tempo e de acordo com as condições do paciente.

A causa ainda não é muito bem explicada, possivelmente o surgimento do fibroma esteja relacionado à fatores genéticos ou resistência à insulina, e é mais frequente em obesos, diabéticos ou intolerantes à glicose, hipertensos e em pessoas acima dos 40 anos. Por não se tratar de uma lesão grave a procura pela remoção do fibroma se dá devido ao incômodo que causa, principalmente porque por vezes o paciente traumatiza a lesão o que pode causar sangramento, e por ser inestético.

A remoção do fibroma mole é feita no próprio consultório dermatológico através de diversas técnicas de acordo com as características e localização do fibroma. O dermatologista pode optar por fazer uma excisão simples, com auxílio de um instrumento dermatológico, ou realizar a remoção do fibroma mole com o uso do aparelho Jett Plasma Lift Medical através do uso da corrente contínua de jato de plasma com níveis elevados, capazes de destruir as células da pele, gerando eletrofulguração, eletrodissecção e eletrocoagulação. Eletrofulguração é a descarga elétrica gerada com a criação de plasma e é precisa, atingindo apenas uma pequena área da pele, eletrodissecção é a evaporação (causada por energia térmica) dos líquidos celulares destruindo as células subcutâneas, e a eletrocoagulação é o processo que provoca a coagulação das proteínas e do sangue devido à alta temperatura, que pode chegar até 80 Cº.

O Jett Plasma Lift Medical proporciona uma aplicação precisa e eficaz na remoção total do fibroma, além disso o jato de plasma estimula a produção de colágeno promovendo a regeneração do tecido.